terça-feira, março 24, 2009

II

eras o mistério sem nome
a redenção de um delírio,
o universo de todo o peso
despido –

e eras vento colorido e breve.

e eras mais tu nesse tempo
imerso em imagens suspensas
do que em todas as horas
de vigília enganadora que
te arrastaram para o sonho
de antes, para o desejo de
agora, para o esquecimento
do futuro.

eras o lugar onde morri
antes de te esquecer e
onde decidiste guardar-me
para eternidades menos vis,
conservado no âmbar do
teu pensamento.

e eras a guardiã e o tesouro
porque a coisa amada
somos nós.

20.mar.MMIX

para azul

9 comentários:

firmina12 disse...

que silêncio, sem imagens

sofia teixeira disse...

olá professor, pelos vistos encontrei-o aqui :) que coisas bonitas, beijinho *

delusions disse...

porque o amor.



Sofia*

isabel mendes ferreira disse...

olá


"silêncio"...



.


abraço.

Dinada disse...

E como, de repente te reencontro...com estas belas palavras.

Já não te deves lembrar da Dinada mas a Dinada lembrou-e de ti quando, por um acaso, te reviu num comentário no Semifrio.

Saudades...abreijo-te.

firmina12 disse...

espero uma palavra

I.P.A. disse...

muito leve. quase uma pluma.

Marta disse...

Boa tarde R.E.

Talvez já tenha ouvido falar dos inovadores serviços de Print On Demand e auto-publicação (self-publishing) que estão a democratizar a edição de livros um pouco por todo o mundo, uma consequência natural da forma como nos habituamos a fazer nós mesmos, o célebre DIY, da internet 2.0. Romances, fotografias, receitas de culinária, monografias, diários de viagem, conselhos, catálogos, etc, tudo pode ser publicado na Bubok.

Não o incomodamos mais com palavrões, visite-nos em www.bubok.pt e experimente os nossos serviços e ferramentas para publicar gratuitamente as suas ideias e ler os autores que já estão a publicar connosco.

Se gostou da Bubok.Pt e pretende ajudar-nos a divulgar este projecto a todos os autores que queiram publicar os seus conteúdos, pedimos-lhe que inclua um link para o nosso blog na sua lista de links: http://www.bubok.pt/blog/

Se precisar de algum esclarecimento, não hesite em contactar-me: marta.furtado@bubok.com.

As cores da vida disse...

saudades, r.e. voltaa!*